Home > Notícias

Magalu cresce 300% e registra R$ 6,8 bilhões em vendas

Valor é relativo ao terceiro trimestre de 2019 e teve forte impulso da integração com Netshoes

Redação

31/10/2019 às 13h35

Foto: Magazine Luiza/Reprodução

Entre os meses de julho e setembro (terceiro trimestre), as vendas totais do Magalu atingiram R$ 6,8 bilhões, um salto de 47% em relação ao mesmo período de 2018.

O anúncio do Magazine Luiza foi informado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) com os resultados fiscais da empresa. Os valores já incorporam os resultados da Netshoes, que foi adquirida em junho.

O e-commerce registrou crescimento de 96% no trimestre. Ele é composto pelo site, superapp de vendas, marketplace e operações da Netshoes, Zattini e Época Cosméticos.

Relativo ao mês de setembro, as vendas digitais representaram "aproximadamente metade das receitas totais da companhia". O Magalu reúne 24 milhões de clientes ativos em sua base, ou 49% a mais em na comparação anual. O impulso também vem da integração da Netshoes, crescimento do marketplace e pelo crescimento da rede de lojas físicas.

O Superapp do Magalu, que há cerca de três meses integrou os apps Netshoes, Época Cosméticos e Zattini, conta com 14 milhões de usuários ativos mensalmente.

Já o marketplace vem incorporando uma média de mil novos sellers por mês. Hoje, o Magalu tem cerca de 11.400 parceiros, que oferecem 12 milhões itens. Em comparação com o terceiro trimestre de 2018, o crescimento foi de mais de 300%; as vendas adicionais registradas foram de R$ 853,7 milhões, ou 26% do e-commerce da companhia.

Frederico Trajano, CEO do Magazine Luiza, relaciona o "crescimento exponencial e acima da expectativa" com impulsos no "ganho de participação, pelo marketplace e pela icorporação das vendas da Netshoes no nosso resultado".

O Magazine Luiza apresentou Editda (lucro antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) ajustado de R$ 301 milhões para o trimestre; o lucro líquido ajustado foi de R$ 136 milhões.

Crescimento também no físico

A empresa informa que mais de 70% dos sellers aderiram ao Magalu Entregas, anunciado no final de setembro. Mas, apesar do sucesso do digital, o Magazine Luiza ressalta crescimento de 9% nas vendas das lojas físicas, na comparação com 2018. No trimestre, a companhia chegou a 1.000 lojas físicas, em 18 estados do Brasil.

Entre os meses de junho e setembro, 52 unidades foram inauguradas. Pará e Mato Grosso também começaram a ser atendidos. Hoje, o Magazine Luiza conta com 17 centros de distribuição e cerca de 30 mil funcionários.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail