Home > Notícias

Mais da metade dos brasileiros que trabalham home office valoriza equilíbrio de vida e concentração

Déborah Oliveira

10/11/2016 às 18h15

Mais da metade dos brasileiros que trabalham home office valoriza equilíbrio de vida e concentração
Foto:

Os brasileiros estão entre os profissionais que mais trabalham remotamente, constatou pesquisa da Intel e Dell com 3,8 mil talentos de pequenas, médias e grandes empresas em dez países, incluindo o Brasil. No País, 53% dos entrevistados afirmam que realizam tarefas profissionais de casa em algum momento da semana – sendo que 24% todos os dias -, contra uma média de 34% nos demais países.

Sobre os principais benefícios dessa flexibilidade de não ter de trabalhar necessariamente no escritório, 38% dos brasileiros afirmam que isso permite mais concentração nas atividades, 36% conseguem um melhor equilíbrio de vida (pessoal e profissional) e 29% são mais produtivos ao não perder tempo com deslocamentos para o trabalho.

A atuação remota, contudo, apresenta alguns desafios. Quando questionados sobre se a empresa resolve qualquer problema com tecnologia quando estão fora do escritório, metade (50%) dos profissionais consultados no Brasil concorda apenas em parte com essa situação e só 31% apontam que a companhia oferece total suporte.

Ainda segundo o estudo, que foi batizado de Future Workforce Study, 51% dos brasileiros consideram que a tecnologia torna o trabalho mais fácil – contra uma média mundial de 34%. Apesar disso, as pessoas no Brasil ainda tendem a priorizar as interações pessoais. Quando questionados sobre a melhor forma de contato com os colegas de trabalho, 55% apontam que preferem conversar face a face, enquanto apenas 7% optam pelo uso do telefone, 7% pelo vídeo e 31% não têm um formato preferido.

Por outro lado, dos entrevistados no Brasil, 60% concordam que a disseminação do trabalho remoto no País e o aprimoramento das tecnologias utilizadas para comunicação a distância tendem a tornar a interação face a face obsoleta no futuro.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail