Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


Ajuda israelense para resgate de vítimas de Brumadinho chega hoje

Por Redação*

em Cenário

3 semanas atrás

Devem chegar ao País 140 pessoas e 16 toneladas de equipamentos tecnológicos que ajudarão nas buscas por sobreviventes

O presidente Jair Bolsonaro disse que a partir do meio-dia de hoje (27/1) devem chegar 140 pessoas e 16 toneladas de equipamentos enviados pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. A informação foi postada por ele, na sua conta pessoal, no Twitter.

“Após contato com o Primeiro-ministro de Israel, @netanyahu , chegam hoje, às 12h, em Belo Horizonte-MG, recursos humanitários e profissionais; São 140 pessoas e 16 toneladas de equipamentos destinados a busca de desaparecidos em Brumadinho [MG].”

Ontem (26/1) Bolsonaro conversou com Netanyahu sobre ajuda na busca de pessoas desaparecidas após o rompimento de uma barragem de contenção rejeitos da mineradora Vale, em Brumadinho (MG).

Israel posta imagens dos militares que ajudarão em Brumadinho
Israel posta imagens dos militares que ajudarão em Brumadinho – Forças de Defesa de Israel/Redes Sociais

Antes da postagem pela rede social, o presidente sobrevoou a área atingida e, ao retornar a Brasília, Bolsonaro disse aos jornalistas que “o governo federal [junto] com o governo estadual tomaram todas as providências de imediato para ajudar a minimizar a dor dos familiares”.

Segundo o presidente, “daqui para frente o trabalho é basicamente de busca de desaparecidos. Infelizmente, pode aumentar muito o número de mortes”, lamentou.

 

 

 

Tecnologia nacional

Segundo informações do jornal Correio Braziliense, o ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, afirmou, nesta sexta-feira (25/1), que o País tem muitas tecnologias para ajudar na prevenção de acidentes como o que ocorreu hoje na barragem da Vale em Brumadinho (MG), mas destacou que falta orçamento para dar a cobertura adequada ao País. “Temos tecnologias tanto para a prevenção quanto para o acompanhamento das emergências”, disse, após uma coletiva de imprensa para divulgar a programação de sua viagem a Israel nesta semana.

O Ministro foi até o país para ampliar a cooperação científica e tecnológica, conhecer iniciativas que transformam pesquisa em inovação e tecnologias aplicadas para melhorar a qualidade de vida da população e gerar riquezas para o país.

De acordo com informações do MCTIC, a delegação brasileira vai conhecer projetos de inovação e tecnologias de diversas áreas, principalmente cibernética, aeroespacial e dessalinização de água. A agenda também inclui reuniões com representantes de instituições de pesquisa, universidades com escritórios de inovação e com autoridades do governo israelense.

O ministro e comitiva serão recebidos pelo ministro de Ciência, Tecnologia e Espaço de Israel, Ofir Akunis e participarão da 14ª Conferência Espacial Internacional Ilan Ramon, onde Pontes fará homenagem ao amigo e primeiro astronauta israelense. Ilan Ramon perdeu a vida no acidente com o ônibus espacial Columbia, em fevereiro de 2003.

“Israel é um país com quem já temos uma boa relação, é o 11º país no ranking global de inovação e aproximadamente 50% da água consumida lá vem de fontes não convencionais, como reuso e dessalinização. A missão tem uma finalidade técnica para observar tecnologias que existem lá, verificar processos de inovação que nos sejam úteis e que nós possamos estreitar essa relação para trazer benefícios para nosso país”, ressaltou Pontes.

*Com informações da Agência Brasil, MCTIC e Correio Braziliense


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail