Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


Aumento global no preço de PCs deixará mercado flat, aponta Gartner

Por Redação

em Mercado

4 meses atrás

Instituto de pesquisas recomenda que organizações priorizem a adoção do Windows 10, pois o suporte do Windows 7 terminará em janeiro de 2020

As remessas mundiais de dispositivos – PCs, tablets e telefones celulares – deverão registrar crescimento de 0,9% atingindo 2,28 bilhões de unidades em 2018, segundo o Gartner. O mercado de PCs e tablets deve cair 1,2% em 2018. Já o mercado de telefonia móvel deverá crescer 1,4%.

“O mercado de PCs ainda está prejudicado pela oferta insuficiente de DRAM para todo o ano de 2018, devido à falta de novas capacidades de wafer. Como resultado, os fornecedores de PCs continuarão aumentando seus preços ao longo de 2018”, disse Ranjit Atwal, diretor de pesquisa do Gartner. “Telas maiores e mais placas gráficas também significam custos crescentes, adicionando à lista de materiais de hardware para empresas e compradores domésticos.”

Enquanto o mercado de PCs é sensível aos preços, o Gartner está testemunhando a demanda corporativa migrando para PCs de última geração, como dispositivos premium.

Fim do suporte do Windows 7

A próxima grande mudança no mercado de PCs será marcada pelo fim do suporte ao Windows 7 em janeiro de 2020. “Torna-se fundamental para as empresas migrarem para o Windows 10 o mais rápido possível, e certamente até o final de 2019”, disse Atwal.

A América do Norte iniciou a primeira fase de migração do Windows 10 em 2015 e será concluída em 2019. A Europa Ocidental aumentará sua adoção em 2018. No entanto, na China, Japão e outras regiões emergentes, os planos de migração estão mudando de 2018 para 2019. Dessa forma, é necessário que empresas se preparem para complicações inerentes ao processo de mudança e procedimentos para o Windows como serviço.

Influência da China

O mercado global de dispositivos é afetado por fatores macroeconômicos e desenvolvimentos tecnológicos, mas também pode ser influenciado apenas pelo chinês de dispositivos.

Segundo o especialista, a China responde por mais de 20% dos gastos globais em dispositivos, portanto, quaisquer mudanças que ocorram podem ter um efeito global significativo.

Com quase 1,9 bilhão de unidades a serem embarcadas em 2018, os telefones celulares são os principais influenciadores do crescimento do mercado de dispositivos globais. Na China, as vendas de celulares caíram 8,7% em 2017, para 428 milhões de unidades, mas estima-se que cresçam 3,3% em 2018, representando 23% do total de vendas de celulares este ano.


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail