Home > Notícias

Motorola Razr: smartphone dobrável chega ao Brasil em janeiro

Novo smartphone com tela flexível traz de volta aspectos do icônico V3, lançado em 2004

Redação

14/11/2019 às 10h22

Foto: Motorola/Divulgação

Em 2004, a Motorola lançou o V3, um celular de flip que vendeu 130 milhões de unidades e se tornou um dos mais icônicos e populares da história. Agora, 15 anos depois, o aparelho "volta" com uma bela repaginada.

Foram mais de 20 protótipos nas fases de pesquisas até chegar ao Motorola Razr, o primeiro smartphone com tela flexível da empresa. A experiência é bem familiar: uma tela externa, chamada de Quick View (OLED) de 2,7", e uma interna chamada de Flex View (POLED) com 6,2" (21:9).

Assim, você consegue acessar informações rápidas quando o smartphone está fechado. A Motorola diz que testou vários formatos dobráveis até chegar num modelo compacto, mas sem eliminar uma tela grande.

O smarpthone com tela dobrável não é exclusividade da Motorola. Samsung e Huawei, por exemplo, já anunciaram os seus próprios modelos; Galaxy  Fold e Mate X, respectivamente.

Por outro lado, a Motorola já anunciou que o Razr chegará ao Brasil no mês de janeiro. O preço do dispositivo por aqui não foi revelado, mas lá fora ele custa US$ 1.499, ou mais de R$ 6 mil em conversão direta.

O design do produto é, de fato, algo que chama muita atenção. Ele tem corpo em aço inoxidável e proteção contra contatos leves com a água. A propósito, ele só é compatível com o padrão eSIM.

Apesar de ser caro, cheio de inovações e com o apelo do icônico V3, o Razr não é um smartphone com especificações high-end. Ele traz o chip Snapdragon 710, 6 GB de RAM e câmera única de 16 MP (f/1.7). A câmera "interna" tem 5 MP e sua bateria traz 2.510 mAh.

A empresa diz que oferecerá suporte premium 24/7 aos consumidores do novo Razr, que terá 1 ano de garantia. Por outro lado, o reparo do display flexível tem custo estipulado de US$ 299.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail