Home > Notícias

Oracle anuncia quarta geração de banco de dados para fortalecer jornada para a nuvem

Déborah Oliveira

29/09/2014 às 3h58

Oracle anuncia quarta geração de banco de dados para fortalecer jornada para a nuvem
Foto:

Todos os anos, tradicionalmente, Larry Ellison abre o Oracle OpenWorld, maior evento da empresa realizado anualmente em San Francisco (EUA), para apresentar novidades da companhia ao mercado. Mas neste ano sua participação ganhou destaque por dois motivos: primeiro porque essa foi sua primeira aparição desde que assumiu o posto de chairman-executivo e chief technology officer (CTO) da Oracle e segundo porque, de acordo com Ellison, 2014 é um marco na história da empresa que passa a ser cada vez mais pautada pela nuvem.

Na abertura do evento no domingo (28/09), Ellison anunciou um pacote atualizado de cloud que inclui a capacidade de usar o banco de dados Oracle na nuvem, bem como on premise (instalado dentro de casa). Além disso, a tecnologia permite construir aplicações e hospedar em uma nuvem privada ou pública da Oracle, que conta com data centers em todo o mundo. “A nova Oracle na nuvem permite mover qualquer dado do seu data center para a cloud apenas com um clique”, observou.

A maioria dos concorrentes da Oracle em nuvem não tem plataforma, afirmou o executivo, acrescentando que a Oracle tem. "A Salesforce também tem. Mas a companhia desenvolve em cima da nossa plataforma. Eles usam nosso banco de dados para construir suas plataformas”, alfinetou. Ele foi mais longe nos exemplos e citou que 19 dos 20 provedores de TI rodam suas infraestruturas com base em Oracle. “Salesforce, SAP, Ariba e SucessFactors usam Oracle”, completou. "Hana dá poder à nuvem? Que nuvem? Onde? Vamos falar sobre a Terra”, ironizou.

De acordo com ele, em 2014, a Oracle construiu uma série de aplicações para cloud. “A fundação da nossa plataforma é o Oracle Database. Em cima, está o WebLogic Java Cloud Service e depois Social, Mobile, Analytics e Identididade”, detalhou, explicando que todas as megatendências de TI estão contempladas na nova era das ferramentas da Oracle. 

Ellison disse que há 37 anos a Oracle assumiu o compromisso de entregar todas as camadas de nuvem – software, plataforma e infraestrutura – aos seus clientes ainda que o termo não existisse. Na época, ele e alguns amigos criaram o banco de dados relacional. Hoje, continuou, o banco de dados Oracle está em sua quarta geração, que comporta recursos de Big Data, cloud e capacidade multitenant para comunicação entre nuvens. “Fizemos tudo isso sem gerar uma única linha nova de código”, ressaltou. “Database é nosso maior negócio de software e será nosso maior negócio de cloud”, sentenciou. 

Na apresentação, Ellison destacou uma série de números para mostrar a importância que software como serviço (SaaS) ganha na estratégia da empresa. A companhia conta, hoje, com centenas de produtos na nuvem.  Em Sales Cloud, exemplificou, a empresa conta com 69 produtos, sendo 14 deles lançados em 2014. 

Já em experiência do cliente (Customer Experience), a Oracle, de acordo com o executivo, conta com 84 produtos, sendo 29 novos. Aplicações na nuvem para verticais de negócios somam 47, sendo que neste ano, foram anunciadas 32. Em razão do foco em cloud, nos últimos 12 meses, Ellison diz ter conquistado mais de 2 mil clientes, além de um total de 2.181 clientes de software como serviço (SaaS).

*A jornalista viajou para San Francisco (EUA) a convite da Oracle

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail