Home > Notícias

Pixeon cresce 14% na receita com digitalização e novas tecnologias

Empresa anuncia, também, taxa de 94% de avaliação positiva dos clientes.

Redação

10/09/2019 às 19h38

Foto: Pixeon/Divulgação

A Pixeon, uma das maiores empresas brasileiras de tecnologia para a saúde, anuncia que a digitalização, em conjunto com inteligência artificial, resultou num aumento de 29% nas vendas no primeiro semestre de 2019.

O número, em comparação com o mesmo período de 2018, indica também um incremento de 14% na receita. Dentre as medidas tomadas para os números positivos, a companhia destaca a inteligência artificial.

Além dela, uma série de mudanças no ano passado também faz parte desse ritmo de mudanças, como investimentos em novos produtos e processos voltados ao atendimento dos clientes – o que inclui clínicas, laboratórios e hospitais de todo o país.

Neste primeiro semestre, a empresa lançou a Central Radiológica, que viabiliza a realização de laudas à distância; a Recepção Digital, que agiliza o atendimento dos pacientes com cadastro e autorização antecipados via aplicativo; e a PICS, plataforma própria de inteligência artificial.

Para Armando Buchina, CEO da Pixeon desde o ano passado, "os bons resultados obtidos no primeiro semestre de 2019 são consequência das medidas tomadas pela nova gestão da empresa nos últimos doze meses".

Buchina ainda explica que as mudanças impactaram, além dos indicadores financeiros, "na satisfação dos clientes como um todo".

Relacionamento com o cliente

Na nova gestão, a Pixeon afirma que manteve em foco o aprimoramento do relacionamento com os clientes.

Buchina relaciona que o novo portal, "que centraliza o contato e relacionamento com os clientes", contempla, entre outros, "base de conhecimento, treinamentos à distância (EAD) e uma política clara de atendimento a chamados de acordo com as melhores práticas de mercado com controle de SLAs (Service Level Agreement)".

Ele cita que o SLA médio da companhia está em 98% dentro do prazo, e que a empresa fechou o primeiro semestre com taxa de 94% de avaliação positiva dos clientes em relação ao atendimento.

"R$ 83 milhões em inovação até 2023”

A Pixeon também concluiu a migração de suas plataformas para a nuvem, o que em suma traz vantagens tanto para a própria empresa quanto para os usuários.

Nessa adoção de novas tecnologias, o CEO da Pixeon diz ainda que elas "tiveram grande aceitação e contribuíram para a fidelização" dos clientes. Até 2023, Buchina cita que há um plano de investimentos em inovação de R$ milhões.

Até o final de 2019, e nos próximos dois anos, a expectativa da companhia é manter essa trajetória de crescimento em receita na casa dos dois dígitos.

A Pixeon se tornou uma das líderes do setor após sua fusão com a Medical Systems, em 2012, e com aquisição de outras três empresas ao longo dos últimos anos.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail