Home > Notícias

Proteção do Twitter usa número de telefone para publicidade

Empresa se desculpa, em comunicado, por ter usado números usados na autenticação por dois fatores em publicidades direcionadas.

Redação

09/10/2019 às 17h03

Twitter libera recurso de transmissão de vídeo ao vivo
Foto: Shutterstock

Uma das recomendações de segurança e privacidade no mundo digital é usar a autenticação de dois fatores em suas contas. Isso significa, basicamente, que se você (ou outra pessoa) tentar usar sua conta de algum serviço ou rede social, precisará de uma confirmação.

Você, como proprietário, naturalmente confirma o login e mantém seus dados protegidos. Essa verificação pode acontecer, entre outros, usando um dispositivo secundário, um número de telefone ou o próprio e-mail.

Porém, recentemente, o Twitter confirmou que alguns desses números de telefone e endereços de e-mail foram usados para segmentação de anúncios.

Em um comunicado, a empresa disse:

"Recentemente descobrimos que, quando você forneceu um endereço de e-mail ou número de telefone para fins de segurança (por exemplo, autenticação em duas etapas), é possível que esses dados tenham sido usados inadvertidamente para publicidade, especificamente nas audiências personalizadas e no sistema de publicidade de audiências de parceiros."

Sobre o incidente, a empresa confirma que "não foram compartilhados dados pessoais com nenhum de nossos parceiros". Também não foram divulgados números exatos de quantas pessoas foram afetadas.

"Desde 17 de setembro, resolvemos o problema que causava esse erro e deixamos de usar números de telefone ou endereços de e-mail coletados para fins de segurança para fazer publicidade", diz o comunicado.

A empresa também aproveitou a oportunidade para se desculpar com seus usuários.

É preocupante, ainda que informe ter sido um erro, que grandes plataformas usem dados confidenciais para fins publicitários. Anteriormente, o Facebook também fez algo semelhante, segmentando anúncios a partir de números de telefone.

Fonte: Twitter (1).

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail