Home > Notícias

Redbelt aposta na tecnologia para fomentar a igualdade social

Editorial IT Forum 365

22/08/2017 às 15h21

Foto:

Ciente do alto impacto da tecnologia na sociedade, a Redbelt, empresa focada na sinergia dos serviços de TI, acredita que é fundamental ter um time altamente competente e que quer fazer o bem, seja para o cliente, no dia a dia de trabalho, ou mesmo na vida pessoal. Baseado nessas premissas é que surgiu o apoio ao Instituto Gerando Falcões. A história ganhou reconhecimento da Microsoft em premiação especial para parceiros, na categoria que elege os melhores casos que usam tecnologia para gerar benefícios a humanidade.

O prêmio foi entregue em julho, em Washington DC, durante o Microsoft Inspire, evento que reúne os principais parceiros da companhia no mundo.  Sediado em Poá, na Grande São Paulo, o Instituto Gerando Falcões nasceu em 2011 com o objetivo de mudar a realidade das periferias, impulsionando a transformação social. Iniciado pelo empreendedor Eduardo Lyra, o Instituto foi qualificado como ONG em 2013 e, atualmente, possui sete projetos socioeducativos que atingem mais de 100 mil jovens por ano, com aproximadamente 25% de aumento de abrangência anualmente.

Alinhada aos mesmos valores de fomentar a igualdade social, principalmente no mercado de trabalho, e com o intuito de qualificar jovens na área de tecnologia a fim de gerar novas oportunidades para a comunidade, a Redbelt participa do projeto de desenvolvimento e capacitação em Tecnologia da Informação com um Curso Profissionalizante de Programação. Especialistas altamente capacitados da Redbelt atuam como voluntários ministrando aulas de Infraestrutura, Cloud Computing, Segurança da Informação e Desenvolvimento de Aplicações.

"A turma da Redbelt é craque em fazer negócios extraordinários para contribuir com o País. Eles são engajados, participativos e estão ajudando o Gerando Falcões a fazer com que o novo Bill Gates surja na favela. Quando eu penso em fazer transformação social, a Redbelt sempre está disposta a nos apoiar", afirma Eduardo Lyra, fundador do Instituto.

O curso

Com duração de um ano, o curso é gratuito e acontece duas vezes por semana nas salas do Instituto Gerando Falcões, com carga horária total de 160 horas/aula. O projeto beneficia 30 jovens com idade entre 14 e 19 anos das comunidades de Poá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba e Itaim Paulista, no estado de São Paulo. Todos os alunos também são estudantes do Ensino Médio. Ao final do programa, os jovens desenvolverão um produto tecnológico, podendo ser um aplicativo ou um site para desenvolvimento da comunidade local.
Além de promover a capacitação e o crescimento profissional destes jovens - o que amplia as chances para o ingresso no mercado de trabalho - o projeto permite aumentar a quantidade de especialistas em tecnologia, setor que está em constante crescimento.

Segundo Valentina Medrano, diretora de operações do Instituto Gerando Falcões, “sem dúvida é um dos melhores projetos do Gerando Falcões. A parceria com a Redbelt significa compromisso e qualidade nas aulas ministradas pelos colaboradores da empresa. Os alunos estão aprendendo e ganhando paixão pela área de TI, graças aos conhecimentos compartilhados. Somos muito gratos a todo o time”.

Além dos profissionais da Redbelt que ministram as aulas, o curso conta com o apoio da Microsoft com a doação de licenças de softwares para serem utilizados no projeto. Atualmente, o Instituto Gerando Falcões conta com:

• 50 licenças do CRM Online
• 3 licenças Sharepoint Server (intranet)
• 4 licenças SQL Server
• 100 licenças de Office 365 (Exchange, Skype, Sharepoint, PowerBI)
• 100 licenças de Windows
• 50 licenças do Office Pro Plus on premisse.
• 5 licenças Microsoft Project

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail