Home > Notícias

Robôs virtuais ensinam kung fu a si mesmos com machine learning para revolucionar videogames

Aprendizado de máquina pode facilitar animação de personagens

Redação

13/04/2018 às 17h19

Foto:

Pesquisadores de inteligência artificial da UC Berkeley e da University of British Columbia criaram personagens (robôs) virtuais capazes de imitar a forma como uma pessoa realiza artes marciais, parkour e acrobacias, praticando  os movimentos até que consigam realizá-los da maneira certa — como faria um ser humano em treinamento.

A iniciativa pode transformar a forma como os videogames e filmes são feitos. Em vez de planejar as ações de um personagem com um volume enorme de detalhes, os animadores poderiam alimentar um banco de dados com imagens reais e fazer com que personagens as dominem com a prática, executando ações em uma cena por conta própria.

Aprendizado de reforço

O sistema usa uma técnica da inteligência artificial conhecida como “aprendizado de reforço”, que é um pouco parecida com a forma como os animais aprendem. Sempre que o personagem consegue reproduzir um movimento correto, recebe um feedback (reforço) positivo.

A abordagem pode trazer benefícios para o desenvolvimento de videogames e de efeitos especiais no cinema mas, também, para robôs reais. Máquina poderiam aprender a executar tarefas complexas com prática simulada virtualmente (aprendendo a realizar tarefas em simulação, por exemplo) antes de tentar realizar no mundo real.

Veja um robô virtual em treinamento:

[embed]https://www.youtube.com/watch?v=vppFvq2quQ0[/embed]

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail