Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


Segurança da informação precisa passar a ser estilo de vida

Por

em Segurança

1 mês atrás

Para Amanda Serikawa Balzano, palestrante do IT Forum Expo, evolução tecnológica deve ser acompanhada de preocupação crescente com a proteção de dados

Em um mundo interligado, onde novas tecnologias não param de se multiplicar, a preocupação com a segurança da informação é essencial. Esse foi um dos temas debatidos hoje na palestra Futurismo e segurança da informação por uma visão feminina,  proferida por Amanda Serikawa Balzano, da Tek NovaRed, durante o IT Forum Expo.

A especialista partiu do cenário atual para fazer um paralelo com as possibilidades futuras na área. Falou sobre big data, armazenamento em nuvem e dispositivos móveis. “Atualmente nós não sabemos realmente onde estão nossos dados e isso é uma preocupação da segurança da informação”, exemplificou.

Quando o assunto é o futuro, apontou as novas tecnologias (como biochips, casas inteligentes e inteligência artificial) para mostrar o quanto será preciso dar valor à segurança da informação – como riscos, apontou ciberguerras, cibercrimes e golpes por meio de engenharia social.

Proteção pessoal

Para a especialista, esse cenário mostra que, cada vez mais, “a segurança da informação precisa ser um estilo de vida”. “É preciso proteger o nosso celular, não entrar em qualquer site, alertar nossos parentes. Há cartilhas gratuitas de segurança da informação na própria internet”, diz Amanda.

Ela aponta que, nesse aspecto, os governos têm papel fundamental ao instituir políticas que começam pela inclusão de temas como esse nos currículos escolares e elaboração de campanhas de conscientização.


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail