Home > Notícias

Seu site está fazendo certo na internet? Confira 9 dicas

I’M Press listou nove pontos fundamentais para você considerar sobre sua página na Internet e a saúde dela:

03/05/2018 às 11h36

Foto:

Com a explosão do acesso à internet e dos smartphones, é cada vez mais importante uma empresa ter um site próprio, seja para apresentar a marca, mostrar o que ela faz para o público ou até mesmo vender algo (e-commerce). Segundo dados do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações e Comunicações (MCTIC), 80% das empresas brasileiras possuem acesso à internet, mas apenas 30% utilizam as possibilidades que a Internet oferece em prol dos negócios.

Ingressar no fantástico mundo da internet e da conexão de dados implica em ter uma ampla estratégia de negócio, que envolve desde o posicionamento digital da marca, visibilidade em buscadores (leia-se Google) até questões mais complexas, como segurança de rede e proteção do seus dados.

Para isso, a I’M Press listou nove pontos fundamentais para você considerar sobre sua página na internet e a saúde dela:

1) Público

Pense no público que você quer atingir. Ele é nacional ou internacional? Hoje em dia não existe apenas o endereço .com e o .com.br. Você pode cadastrar com www.suaempresa.nomedacidade.br, blog.br, art.br ou ainda sem o br; Por exemplo, suaempresa.ag, suaempresa.cc, suaempresa.network. Dá para ser criativo para representar bem o seu negócio.

2) Observe

Observe os seus concorrentes e projetos semelhantes. Descubra o que quer e o que não quer transmitir, e a melhor forma para fazê-lo. Fuja do que está sendo usado demais.

3) Domínio.com

Tente não criar um domínio muito grande. Quanto maior, mais fácil de o usuário errar ao digitar. Entre 5 a 15 caracteres é um bom tamanho.

4) Compre certo

Mantenha o site de compras de domínio aberto e faça pesquisas de disponibilidade e preço. Existem vários sites de compras de domínio, mas a I’M Press indica empresas como a www.godaddy.com.br (onde você já vai poder comprar também seu serviço de hospedagem de confiança). Outras opções www.hostgator.com.br ou www.host1plus.com.br

5) Redes Sociais

Na hora de registrar um domínio, certifique-se de que o nome está disponível também em plataformas como Facebook, Instagram, Youtube, Twitter, caso vá utilizá-las.

6) Não faça

Evite usar hifens e números no endereço do seu site, para não dificultar a memorização e dar erros de digitação.

7) Compre certo 2

O preço médio para um domínio é R$ 35/ano. Quanto menos popular for o final do domínio (exemplo .cc .ag . club) mais barato vai custar o seu domínio.

8) Proteção

Sabia que sempre que você registra um domínio, é preciso dar seu nome, endereço, e-mail e telefone para serem publicados em um diretório público? Se não quiser essa exposição, dá para pagar um serviço adicional (R$ 30/ano) e para proteger sua privacidade contra spams e ligações comerciais indesejadas.

9) @suaempresa

A maioria dos servidores de hospedagem oferece por cerca de R$ 5,00/mês uma conta de e-mail corporativo e personalizado. Muitos dos pacotes de serviço de hospedagem já oferecem uma conta de e-mail grátis. Outra possibilidade é a vinculação do seu e-mail corporativo com a sua conta do Gmail, por volta de R$ 30/mês.

Desafios para hospedar um site

Além das dicas básicas, saber o que compõe a hospedagem de um site é fundamental. Por isso, é tão importante olhar para o domínio da empresa (domínio é o endereço somando hospedagem, ou seja, como se fosse a casa/endereço virtual da sua empresa).

Segundo explica Flávio Morsoletto, especialista em TI e CIO do I’M Press, na internet as páginas trafegam pelo http (sigla de Hypertext Transfer Protocol), base da comunicação de dados da Internet. Recentemente, o mundo viu uma série de ataques hackers, como WannaCry e Heartbleed, que nasceram justamente por falhas no http. Por isso, os programadores criaram um Certificado chamado SSL, justamente voltado para evitar invasões e vírus.

Para o público comum, conta o executivo, o http virou https - uma mudança relativamente simples e fácil de fazer, mas que protege muito mais um domínio.

“Incluir o Certificado SSL em um domínio é aumentar exponencialmente a segurança dele. É como se sua casa antes tivesse somente um portão baixo e vulnerável e passasse a ter um sistema completo de vigilância, com cerca elétrica, câmeras e vigilantes”, compara.

Ele comenta ainda que endereços sem HTTPS não conseguem atingir as primeiras colocações nas buscas do Google, por exemplo. “A segurança na Internet evolui com a própria rede. Hoje já é primordial que empresas se adaptem ao novo padrão para evitar ataques e furto de dados online”, explica.

Três alicerces para uma hospedagem on-line de qualidade

IP Fixo

É como se fosse o CPF online da empresa e está sempre monitorado para ver se está tudo certo com o endereço. Exista a possibilidade de compartilhar um grupo de IP’s entre milhares de domínios. O problema é que se algum domínio compartilhado faz algo ruim, seu domínio ganha, por tabela, má fama na internet. Por isso evite serviços de hospedagem que não lhe dá um IP fixo.

DNS Reverso

Espécie de dupla checagem do seu IP. Permite que servidores verifiquem a autenticidade do seu domínio, checando se o endereço IP informado é realmente verdadeiro. Quem não tem IP fixo nunca conseguirá configurar DNS reverso e isso terá consequências no volume de e-mails seus que vão parar no lixo eletrônico.

SSL

Site sem certificado SSL = site não seguro e invisível no Google (ou seja, além de vulnerável ainda some nas buscas). Como faz para saber se é seguro? Tem um \"s\" depois do http://, ou seja, https://.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail