Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:

Nexa, ex-Votorantim Metais, vai investir até US$ 2,4 milhões em projetos de startups

Por Redação

em Startups

7 meses atrás

Programa Mining Lab 2 tem inscrições abertas até 18 de março

A Nexa, nova marca da Votorantim Metais, investirá até US$ 2,4 milhões em projetos de tecnologia desenvolvidos em conjunto com startups. Os investimentos serão realizados por meio do Mining Lab 2, programa de apoio a empreendedores e ao desenvolvimento de inovações tecnológicas para as áreas de mineração e metalurgia.

O programa, que já tem inscrições abertas até 18 de março por meio deste link, vai selecionar os melhores projetos apresentados nas áreas de automação, internet das coisas, logística, economia circular e concentração mineral. O objetivo da empresa é aplicar soluções inovadoras aos seus processos industriais, abrindo espaço para novas ideias.

O programa

A primeira fase do programa vai selecionar 36 startups que passarão por um período de imersão on-line. Destas, 24 serão escolhidas para uma capacitação presencial na qual irão desenvolver um business case com as soluções para os desafios. Ao final desse período, uma banca composta por profissionais da Nexa vai selecionar as 12 propostas finalistas que receberão investimento financeiro, assessoria semanal de profissionais qualificados ao longo de um ano, qualificação em gestão financeira, jurídica e marketing, além de acesso às instalações e às informações técnicas das unidades operacionais da Nexa.

Jones Belther, vice-presidente de exploração mineral e tecnologia, explica que a iniciativa é uma forma colaborativa de pensar e construir soluções tecnológicas e, assim, ampliar a competitividade frente aos desafios do negócio. “É uma iniciativa que oxigena o ambiente da empresa e abre espaço para o desenvolvimento de novas ideias, dentro do conceito de inteligência coletiva. É uma nova maneira de pensar e de trocar conhecimentos”, diz.

A iniciativa está disponível para startups de Brasil, Estados Unidos, Canadá, Peru e Chile. A internacionalização do programa, cuja primeira edição contou apenas com a participação de startups brasileiras, segue o movimento de expansão internacional da Nexa, que abriu capital nas Bolsas de Nova York (EUA) e Toronto (Canadá) em outubro de 2017.


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail