Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


11 formas como a inteligência artificial já faz parte do cotidiano

Por Redação

em Inteligência artificial

2 anos atrás

Sistemas inteligentes já estão presentes no nosso cotidiano, diversos deles, porém, passam despercebidos. A inteligência artificial é a base para a grande maioria e, considerada obra de ficção há pouco tempo, está cada vez mais presente no dia a dia.

Com capacidade para processar bilhões de informações e transformá-las em dados estruturados, a ferramenta já é usada para detecção do melhor diagnóstico de saúde, em buscas na internet, no combate ao terrorismo, na previsão de demanda para garantir que não falte produtos nas lojas, entre outras aplicações.

Bento Ribeiro, sócio-fundador da Tevec, empresa que utiliza inteligência artificial para previsão de comportamento de demanda de produtos, lista exemplos do uso da ferramenta no cotidiano.

1. Previsão de demanda de produtos
A inteligência artificial determina a quantidade e mix ideal de reposição para cada produto, em cada loja ou elo da cadeia logística. Com isso, o consumidor sempre encontra o produto no ponto de venda e a indústria e o varejo reduzem perdas com estoques acima da demanda.

2. Carros inteligentes
A inteligência artificial é a base da internet das coisas. Com o sistema inteligente, os carros são capazes de identificar os padrões de comportamento e os interesses dos donos. Assim, o veículo ajusta sozinho a temperatura e as posições da direção e dos espelhos, sintoniza a rádio preferida etc. Em vez de avisar da necessidade de troca do óleo, o automóvel vai consultar a agenda do motorista, ligar para o posto preferido e programar a troca. Se for um carro sem motorista, ele pode ir até sozinho. A IBM perguntou a altos executivos de empresas quando eles entendem que a tecnologia estará em funcionamento – 74% responderam em 2025.

3. Reconhecimento facial
Permite encontrar um rosto em meio à multidão. Ferramenta em uso pelas agencias de combate ao terrorismo.

4. Data security (segurança de dados na internet)
A tecnologia ajuda a detectar 325 mil novos virus (malware) todos os dias. O internauta navega e paga as compras com segurança.

5. Financial Trading (Mercado Financeiro)
O sistema prevê os movimentos do mercado de ações. Um gigantesco volume de dados é analisado de forma tão veloz que a capacidade humana dos analistas não consegue acompanhar.

6. Saúde
A inteligência artificial é utilizada para entender os fatores de risco da diabetes – estão em operação algoritmos capazes de prever o risco de hospitalização em pacientes com a doença. A tecnologia também ajuda na prevenção do câncer de mama – com análise das mamografias foi possível detectar em 52% das mulheres a alta probabilidade de contrair a doença com um ano de antecedência do surgimento dos primeiros sintomas, segundo estudo do estudo do Computer Assisted Diagnosis (CAD).

7- Personalização do marketing
Permite que produto pesquisado em uma loja online apareça magicamente em várias páginas da próxima navegação do internauta.

8- Prevenção de fraude
A inteligência artificial está cada vez mais precisa na detecção de potencial de fraude em diversos campos de negócio. O PayPal, por exemplo, usa a ferramenta para prevenir lavagem de dinheiro em seu sistema de pagamento.

9. Recomendações
A ferramenta analisa o comportamento de compra e interesses do internauta e compara com milhares de outros consumidores para identificar qual será sua próxima compra ou o filme que irá assistir. E surpreende com um convite antecipado ou mais informações sobre o produto desejado.

10. Google
O site de busca é o case mais famoso de uso de inteligência artificial. Todos os dias, milhões de pessoas fazem diversas consultas.

11. Natural Language Processing ( NLP)
Os algoritmos de linguagem natural ajudam os sistemas de call center na identificação de rotas rápidas para fornecer a informação que o cliente precisa. É o final dos menus intermináveis até chegar ao objetivo do consumidor.


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail