Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


Águas de São Pedro lança aplicativo antidengue para moradores

Por Tissiane Vicentin

em Tech

4 anos atrás

A cidade de Águas de São Pedro, em São Paulo, lançou um aplicativo antidengue com o intuito de deixar a cidade livre da doença. Batizado de “Águas sem dengue”, o aplicativo permite que os cidadãos acionem mais rapidamente agentes de saúde para averiguar possíveis focos de transmissão.

O secretário de turismo, Fábio Pontes, explica que o aplicativo é de fácil manuseio para que toda a população possa colaborar. “Assim que o morador identifica um criadouro ele tira uma foto e adiciona no aplicativo. Logo em seguida pede-se o endereço do local, que pode ser encontrado com o auxílio de um GPS que integra o sistema. Ao completar essa fase, o munícipe fornecerá seus dados e uma breve descrição do local do foco. Automaticamente as informações irão para a Vigilância Sanitária”, explica.

A aplicação foi desenvolvida em parceria com a Telefônica/Vivo e, apesar da cidade não apresentar altos índices de contaminação da doença, o secretário ressalta que a novidade foi bem aceita pelos moradores. “Percebemos que precisávamos melhorar a comunicação com a população para podermos identificar com maior agilidade os focos de dengue. Entramos em contato com a Vivo, explicamos a nossa ideia e eles elaboraram este projeto”, afirma.

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente em qualquer smartphone com sistema Android.

Cidade digital
A iniciativa faz parte de um programa iniciado há dois anos, em parceria com a Telefônica/Vivo, com o objetivo de transformar Águas de São Pedro na primeira cidade 100% digital do País. 

O município já implantou diversos sistemas e ações que auxiliam no cotidiano dos moradores, como o estacionamento inteligente, que utiliza sensores instalados nas vias para localizar vagas disponíveis; os sistemas que permitem agendar consultas na rede básica de saúde pela internet, a disponibilização de tablets para os alunos das escolas de educação pública, entre outros.

Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail