Home > Notícias

TI híbrida lidera agenda de redes em 2017

Guilherme Borini

10/02/2017 às 11h28

Foto:

Pesquisa conduzida pela TechTarget e patrocinada pela Level 3 Communications indica que as empresas farão melhorias consideráveis na conectividade de redes em 2017 para suportar TI híbrida, uso flexível de recursos de TI privados e baseados em nuvem para aprimorar o desempenho operacional.

O estudo foi baseado nas respostas de 150 profissionais de tecnologia sobre como os tomadores de decisão estão utilizando e planejando utilizar redes de forma mais estratégica e efetiva sob uma estrutura de TI híbrida.

Paul Savill, ‎vice-presidente sênior da Level 3, afirma que TI Híbrida é a fundação para uma transformação digital de sucesso. "Para reforçar os programas de TI híbrida, as empresas precisam alavancar as novas tecnologias disponíveis para aprimorar a infraestrutura de rede e obter maior segurança, flexibilidade e automação”, destaca.

Confira as principais conclusões do estudo:

- TI híbrida é muito ou razoavelmente familiar à vasta maioria do público de TI e redes, tendo como principais benefícios a agilidade (59%), alinhamento entre TI e objetivos de negócio (53%), disponibilidade/desempenho de aplicativos (42%) e segurança (37%);

- Quase metade dos participantes da pesquisa está usando serviços de nuvem para as cargas de trabalho mais importantes, um forte indicador de que a computação em nuvem está no centro dos esforços de transformação digital de muitas organizações;

- Segurança, tempos de atividade confiáveis, capacidades de banda e baixa latência são os atributos principais que os participantes buscam nas redes das respectivas empresas ao acessar serviços em nuvem;

- A maioria das empresas está razoavelmente satisfeita com a forma com que as redes correspondem às exigências de rede mais mencionadas, apesar de relativamente poucas admitirem estar muito satisfeitas;

- As empresas ainda não transformaram dramaticamente as conectividades de rede para a nuvem e TI híbrida, mas esperam fazer melhoras significativas nas respectivas conectividades de rede nos próximos 12 meses.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail