Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:


31% dos líderes de RH acreditam que suas organizações têm a cultura necessária para impulsionar desempenho

Por Redação

em RH

3 semanas atrás

Cultura se tornou um dos conceitos mais importantes nas corporações, de acordo com análise do Gartner

Alinhar a força de trabalho de uma empresa com a cultura desejada pode melhorar o desempenho em relação às metas de receita em 9%, de acordo com o Gartner. Entretanto, apenas 31% dos líderes de RH acreditam que suas organizações têm a cultura necessária para impulsionar o desempenho.

“Embora muitos líderes possam encarar a cultura como um tema ‘flexível’, ela se tornou diferencial importante para como e porque as organizações superam o desempenho”, afirma Brian Kropp, vice-presidente do grupo de prática de RH do Gartner. “À medida que os candidatos a emprego consideram, cada vez mais, a cultura de possíveis empregadores – e também de investidores, nossa pesquisa constatou que a cultura é a questão de talentos mais discutida nas chamadas de ganhos e as menções cresceram 12% ao ano desde 2010.”

Não existe cultura “certa”. A pesquisa mostra que nenhum tipo é um preditor consistente do desempenho organizacional. Em vez de se concentrar no tipo de cultura que uma empresa deve ter, os líderes devem voltar sua atenção para conseguir que ela funcione. Para fazer isso, os funcionários devem estar alinhados à cultura da organização em três áreas:

  1. Conhecimento: saber o que é a cultura
  2. Mindset: acreditar na cultura
  3. Comportamento: comportar-se de uma forma que apoie a cultura

A incapacidade de atingir o alinhamento cultural da força de trabalho pode reduzir o desempenho dos funcionários em até 12%.

Incorporar a cultura

Para perceber os benefícios comerciais de uma cultura que funciona, os líderes não podem apenas modelar a cultura. Eles devem incorporar a cultura e as prioridades de sua empresa em sistemas e processos e fornecer aos líderes das unidades de negócios suporte e recursos para fazer o mesmo. Esforços para operacionalizar a cultura devem ser significativos para toda a organização e permear cada faceta do negócio, de orçamentos a processos e fluxos de trabalho.

“Os líderes devem modelar os comportamentos e decisões que desejam dos funcionários, mas criar uma cultura que impulsione o desempenho requer que os líderes vão além disso”, disse Kropp. “Os melhores líderes ajudam os funcionários a entender como a cultura da organização se traduz em seu trabalho diário.”


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail