Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:

Aeroporto Internacional de BH reformula sistema de comunicação

Por Redação

em Na prática

4 meses atrás

Maior aeroporto de Minas Gerais, com movimentação de 10 milhões de passageiros por ano, passa a ter serviço de comunicação operacional mais eficiente

Os bastidores do funcionamento de um aeroporto demandam a coordenação de atividades extremamente complexas e que envolvem a coordenação de diversos profissionais, recursos, infraestrutura, sempre com foco na segurança e na melhor experiência de viagem para o passageiro.

Para assegurar que todas as etapas das operações sejam realizadas da forma mais segura e eficiente possível, a comunicação operacional é fundamental. Por isso, a BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de BH, adotou o sistema de comunicação digital DIMETRA TETRA da Motorola Solutions, para auxiliar no gerenciamento das operações, permitir a integração de diversas áreas e a troca de informações em tempo real.

A Bapi Telecomunicações, integrador de sistemas parceiro da Motorola Solutions, implementou o sistema de comunicação digital TETRA, que concentra toda a operação crítica do Aeroporto e incluindo as atividades de segurança, operações e movimentação de bagagens. O sistema também é utilizado pelas equipes terceirizadas responsáveis pelo estacionamento do Aeroporto, abastecimento de aeronaves, limpeza e catering.

Esta integração trouxe mais eficiência no atendimento aos passageiros e no tempo de resposta, assim como otimizou o gerenciamento das equipes por meio da coordenação de atividades pelo centro de despacho. Atualmente, são registrados e gerenciados 23 mil chamados PTT (Push-To-Talk) por dia e o sistema possui uma capacidade muito maior, permitindo ao aeroporto e seus parceiros se comunicarem com facilidade e ter um sistema pronto para o futuro.

“O nosso objetivo é melhorar sempre a experiência de viagem dos nossos passageiros e assegurar maior eficiência e segurança. Por isso, investimos na modernização do sistema de comunicação operacional no Aeroporto Internacional de BH. Todos investimentos que vêm sendo feitos pela BH Airport já demonstram que queremos desenvolver em Minas Gerais um dos melhores aeroportos do Brasil, com um ecossistema tecnológico integrado. A comunicação eficiente é parte essencial dessa evolução”, afirma Paulo Amarante, gestor de Tecnologia da BH Airport.

Foram fornecidos inicialmente quase 200 terminais entre portáteis (de mão) MTP 3500, móveis (para viaturas e fixos) MTM 5200 e MTM 5400 com a tecnologia digital TETRA que garantem melhor qualidade de áudio e alto nível de segurança da informação. Além disso, os novos equipamentos permitem a transmissão de voz e dados para a coordenação de ordens de serviço e atividades que vão desde as operações na pista até o Centro de Operações do Aeroporto. As informações fornecidas podem ser utilizadas para a elaboração de estatísticas e estudos, de forma a prevenir a ocorrência de incidentes ou desenvolver planos de ação preditivos.

Para as unidades de abastecimento de aeronaves e de combate a incêndio foram fornecidos os modernos e resistentes terminais MTP 8550EX, com certificação ATEX que garante a utilização em ambientes inóspitos, com risco de explosão e resistentes a temperaturas de até 130ºC, além de quedas, poeira, submersão e jatos d’água.

Entre as funcionalidades está a localização GPS, que indica ao centro de comando e controle a posição exata de cada membro da equipe, o botão de emergência que possibilita a um agente de campo chamar por socorro imediato com apenas um toque. Também está em estudo o uso do sistema de GPS para gerenciar a frota de ônibus que circula dentro do aeroporto para transportar os passageiros das aeronaves para os terminais.

Amarante explica que “os novos rádios melhoraram muito as comunicações do aeroporto, principalmente em termos de qualidade de áudio, sem interferências ou interrupções. Agora, com o sistema digital, não temos mais problemas de estrangulamento de rede e a comunicação é mais precisa, com a definição de grupos por ordem de prioridade”.


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail