Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:

CBA reduz perdas e interrupções na produção com uso de IoT

Por

em TI de Negócios

4 meses atrás

Fabricante de produtos fundidos poupou mais de R$ 2 milhões por ano ao instalar sistema de monitoramento nos processos de produção

A crise hídrica vivida por São Paulo em 2013 provocou uma corrida entre as empresas na busca por tecnologias que pudessem reduzir o consumo de água. A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), por exemplo, decidiu instalar um sistema de monitoramento do consumo que lhe rendeu resultados expressivos.

Na fabricação de produtos fundidos, entre eles perfis, chapas e folhas de alumínio, a água é usada em todas as etapas do processo para o resfriamento, sendo um elemento vital para a produção de alumínio. Com a implantação, em 2014, do PI System, plataforma de IoT desenvolvida pela OSIsoft, foi possível mapear todo o processo e reduzir drasticamente as perdas e as interrupções na produção.

De acordo com Luis Carlos Maldaner, gerente de TI da CBA, para a execução do projeto foi necessária uma evolução na gestão com a fusão das áreas de TI e Automação. “A CBA saiu do modelo tradicional, no qual o papel da área de TI era centrado na infraestrutura, e passou a ser voltado para aplicação da tecnologia às necessidades das áreas de negócios”, conta.

Economia expressiva

A economia total com o projeto é estimada em mais de R$ 2 milhões por ano. “O sistema de diagnósticos e ajustes resultou na redução de 99% do consumo de água na produção – uma economia de 3.094 m³ de água por mês, entre R$ 40 mil e R$ 50 mil”, exemplifica.

Marcelo Pereira: economia e segurança

Marcelo Pereira, gerente de Manutenção da CBA, acrescenta que a estabilidade na produção também proporcionou o aumento da confiabilidade do sistema de resfriamento e a economia na utilização de reagentes e aditivos químicos.

“Outra vantagem foi o ganho de segurança operacional, pois a automatização permite que o monitoramento seja acessado de forma remota em uma plataforma virtual por todos que precisam da informação”, detalha.


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail