Oi! Escolha uma opção para entrar

Nunca postaremos nas suas redes sociais

Se preferir, entre com seu e-mail

Esqueceu sua senha?
Não tem conta? cadastre-se grátis

Preencha o formulário abaixo para finalizar seu cadastro:

Prodest contrata sistema para aperfeiçoar gestão de finanças das escolas estaduais

Por Eric Lopes Menequini da Prodest

em Na prática

2 semanas atrás

Contrato terá duração de três anos e ajudará no planejamento, registro e controle dos gastos feitos

O Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) contratou a Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar) para implantar o Serviço de Gestão de Recursos Financeiros (GRF), que será usado pelas escolas da rede estadual de ensino.

O contrato tem a duração de três anos e contempla uma demanda da Secretaria de Estado de Educação (Sedu). O sistema permite o planejamento, o registro e o controle dos gastos feitos pelas instituições que recebem os recursos financeiros.

A ferramenta também auxilia na análise e conferência dos repasses e fornece relatórios gerenciais. A intenção é facilitar a prestação de contas e tornar esse processo mais ágil. Para isso, o sistema conta com alguns módulos:

– fornecedor (registra os fornecedores e empresas prestadoras de serviços e permite a atualização dos dados cadastrais);
– itens de despesa (verifica se foi realizado o cadastro do objeto envolvido com o recurso a ser desembolsado);
– plano de aplicação (documento que especifica como a verba recebida será utilizada);
– nota fiscal (cadastra as notas fiscais utilizadas nos pagamentos).

Na avaliação do presidente do Prodest, Paulo Henrique Rabelo Coutinho, a implantação do GRF fará com que as escolas estaduais possam gerenciar melhor as despesas, o que garante o uso mais eficiente dos recursos.

“A Celepar vai fornecer o suporte necessário para a utilização do sistema. Isso vai nos ajudar a obter bons resultados com a ferramenta em curto prazo. Adquirimos uma solução de alta qualidade que será bastante útil para a Sedu”, afirmou o presidente do Prodest.


Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Newsletter por e-mail