Home > Notícias

Transformações digitais abrem novas oportunidades de negócios, diz especialista

Analista da Forrester conta história pessoal e explica como foi a sua virada

Redação

17/04/2018 às 10h54

Transformação digital
Foto:

A transformação digital não está só na tecnologia, mas na forma como a usamos. Quem afirma é Martin Gill, vice-presidente e diretor da Forrester que, ao contar sua história pessoal, dá detalhes de como os negócios em que trabalhou mudaram. Como uma pessoa comum, antes de tornar-se analista, Gill teve empregos comuns. De barman na faculdade até começar a projetar sistemas de ERP para um estaleiro.

Em 1995, uma época em que a indústria de construção e reparo de navios no mercado britânico estava em declínio, havia esforços para automatizar tarefas. Entretanto, em volume, era muito pouco e começou muito tarde. “As outras empresas para as quais trabalhei antes de vir para a Forrester eram, com apenas uma exceção, empresas tradicionais. Eles viam a tecnologia como um jogo de eficiência na melhor das hipóteses e, na pior, um fardo caro”, conta Gill.

Transformação digital

A exceção, na sua visão, foi a Egg. Hoje descontinuada, a Egg foi uma das primeiras disruptoras digitais em serviços financeiros. “Antes que alguém falasse sobre digital, nós fomos digitais”, pontuou. Para Gill, a Egg foi diferente porque se tornou uma empresa de tecnologia em primeiro lugar, e um banco segundo. Criando coisas novas e úteis.

  • Construíram produtos digital first;
  • Experimentaram ideias com MVPs e viram fracassos como aprendizado;
  • Adotaram o design centrado no cliente.

“Se você acha que isso soa como o comportamento de um negócio digital moderno, tenha em mente que isso ocorreu em meados dos anos 2000”, alerta. A Egg foi diferente porque internalizou a tecnologia e articulou seu modelo operacional para adotar a tecnologia como um mecanismo central de crescimento. “Fomos bem sucedidos”, completa.

Para Gill, a lição continua. A tecnologia é um dos principais impulsionadores de negócios. Hoje, os líderes empresariais dizem que as mudanças tecnológicas terão um impacto maior em suas tomadas de decisão. Maior do que a economia, a política ou o contexto competitivo. É preciso, porém, ir além de usar o termo “transformação digital” e começar a falar sobre os resultados que a transformação digital traz e suas oportunidades para quem as acompanha e promove.

A Forrester realiza em Chicago, nos dias 8 e 9 de maio, o Digital Transformation 2018, que vai discutir como desenvolver o conceito.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail