Home > Notícias

TÜV Rheinland cria novo centro global de competências em privacidade na internet das coisas

Editorial IT Forum 365

28/08/2017 às 10h18

IoT
Foto:

A TÜV Rheinland, um dos maiores grupos mundiais de certificação, inspeção, treinamento e gerenciamento de projetos, continua com êxito em sua ofensiva de digitalização, com a fundação do mais novo Centro de Competências em Privacidade na internet das coisas (IoT, sigla em inglês). O efeito imediato da criação do Centro de Competências é que a TÜV Rheinland, como provedora de serviços de testes globais, oferece uma solução completa para todas as especificidades relacionadas à proteção de dados na internet das coisas e, ao mesmo tempo, posiciona-se no crescente mercado global de IoT, lidando com o tema da privacidade protegida.

O Centro, localizado em Colônia, na Alemanha, tem um portfólio que inclui, em particular, uma ampla gama de soluções de privacidade para redes domésticas, que são oferecidas globalmente. O foco são certificados de privacidade protegida e programas de consultoria e treinamento para fabricantes de produtos e fornecedores de sistemas.

Salvaguarda de proteção de dados e privacidade

A crescente rede digital de dispositivos e aplicações em residências significa que as soluções domésticas inteligentes estão armazenando e processando quantidades crescentes de dados pessoais altamente sensíveis. O Regulamento Geral de Proteção de Dados da UE (EU GDPR) cumpre as exigências por transparência dos consumidores sobre a forma como os seus dados são utilizados. Este regulamento entrou em vigor em 25 de maio de 2016 e define, entre outras coisas, novos requisitos legais, como a proteção de dados no desenvolvimento de produtos (Privacidade por Design).

Após o fim de um período de transição de dois anos, o regulamento será aplicado nos países da UE em 25 de maio de 2018 e, a partir desta data efetiva, irá impor novos requisitos aos fabricantes e instaladores de sistemas domésticos inteligentes que oferecem produtos ou serviços nos países da UE. Isso inclui, por exemplo, o "direito a ser esquecido", ou seja, ter seus dados excluídos.

"A partir de 25 de maio de 2018, os clientes podem exigir que os fornecedores de produtos excluam todos os dados pessoais. No caso do não cumprimento dos novos requisitos, os fornecedores podem enfrentar multas e sanções substanciais", explica o especialista em privacidade da IoT da TÜV Rheinland, Günter Martin, que lidera o novo Centro de Competências ao lado de Udo Scalla, também executivo da empresa na área de Privacidade da IoT.

Parceiro competente para privacidade protegida

Com os relevantes certificados de privacidade protegida da TÜV Rheinland, os fabricantes de soluções domésticas inteligentes que oferecem seus produtos ou serviços podem provar aos clientes que garantem proteção de dados e segurança de dados, de acordo com o GDPR da UE.

Além disso, o Centro de Competências da TÜV Rheinland oferece suporte individual sobre o tema da privacidade protegida. "Mostramos aos fabricantes de produtos e fornecedores de sistemas, em todo o mundo, maneiras específicas pelas quais eles já podem começar a reduzir a coleta de dados para um mínimo definido e, ao fazê-lo, fortalecer a confiança de seus clientes em produtos domésticos inteligentes. No que diz respeito ao curto período de transição, até maio de 2018, recomendamos que as empresas abordem o tema agora, o mais rápido possível", diz Scalla.

Entre outras ofertas do Centro de Competências estão os programas de treinamentos de lares inteligentes focados em tópicos como aspectos legais, problemas de segurança e critérios de teste da instalação doméstica inteligente, que visam, principalmente, instaladores, arquitetos e planejadores. Os programas de treinamento estão disponíveis na Alemanha já este ano, e serão lançados internacionalmente em 2018.

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail