Home > Notícias

Venda de tablets cai 20% no Brasil no primeiro trimestre

Déborah Oliveira

25/06/2015 às 12h07

Venda de tablets cai 20% no Brasil no primeiro trimestre
Foto:

A venda de tablets caiu 20% no Brasil no primeiro trimestre de 2015, segundo dados a IDC. E os motivos do recuo já estão se tornando velhos conhecidos: a alta do dólar, a diminuição do crédito e da confiança do consumidor. Outra razão, de acordo com a consultoria, seria a queda na procura do dispositivo, que já não atrai tanto o interesse do consumidor.

O levantamento revela que entre janeiro e março de 2015 foram vendidos 1,780 milhão de dispositivos no País, aproximadamente 390 mil unidades a menos do que no primeiro trimestre de 2014.

Na avaliação de Pedro Hagge, analista de pesquisas da IDC Brasil, embora o número esteja abaixo dos 2 milhões previstos para o período, o resulto é considerado positivo. Segundo ele, a alta do dólar gerou repasse de preços de até 17% em relação ao quarto trimestre de 2014, afetando as vendas para o consumidor final e para o mercado corporativo.

O estudo da IDC Brasil mostra, também, que do total de tablets vendidos, 41 mil foram modelos 2 em 1 (notebooks com tela destacável), categoria que cresceu 115% frente ao quarto trimestre do ano passado. Além disso, 94% foram para consumidor final, 6% para corporativo e 70% custaram menos de R$ 500. 

Até o final do ano, a consultoria prevê que sejam vendidos 8,1 milhões de tablets e notebooks 2 em 1 com tela destacável, 14% a menos na comparação com o volume comercializado durante todo o ano de 2014. A diminuição da projeção, segundo Hagge, também aconteceu em razão do cancelamento de projetos de educação por parte do governo.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail