x

Publicidade

Paula Paschoal: é possível equilibrar vida profissional e pessoal

Por Redação

em Perfil

29 ago 2017 5 meses atrás

Paula Paschoal assumiu há algumas semanas seu mais novo desafio na carreira: é a nova diretora-geral do PayPal no Brasil, após sete anos na empresa.

Mas, pouco tempo antes, outros dois momentos marcaram sua vida, mas no âmbito pessoal: dois filhos. Paula conta que, na primeira gravidez, em 2014, o PayPal passava por um momento de muita mudança e crescimento. “De repente me vi grávida e eu em uma posição estratégica”, lembra.

O momento trouxe uma dúvida de muitas mulheres: um filho pode influenciar na carreira? No caso de Paula, sim, mas de forma extremamente positiva, segundo ela.

“Fiquei tensa, esperei um, dois meses. Quando cheguei no quarto mês (da gravidez), não dava mais. Eu precisava contar para meu chefe. E a resposta dele foi muito positiva. Ele disse que enxergava que eu estava indo fazer um MBA de graça, em 4 meses”, conta.

Retorno

“Quando eu voltei, me senti muito mais preparada para lidar com o tempo das pessoas e com as prioridades”, diz.

E o retorno reservou mais essa grata surpresa. “Voltei da licença e fui promovida. Isso mostra o quanto PayPal respeita a mulher e a diversidade”. Por isso, Paula diz que hoje tenta mostrar para seu time que é possível equilibrar vida profissional e pessoal. “É possível ter filho, equilibrar esportes. É possível ter esse equilíbrio no PayPal e isso que me faz trabalhar tão feliz”, completa.

Conheça mais sobre a carreira de Paula, em sua primeira entrevista como diretora-geral do PayPal. A executiva participa do Leadership Academy, programa da IT Mídia para reunir entrevistas com os principais líderes das empresas de TI.

Receba grátis as principais notícias do setor de TI

Notícias por push

Ativar