Home > Notícias

Viveremos 100 anos, se uma guerra idiota não explodir tudo

Convidamos Luzia Sarno, CIO do Gruplo Fleury, para nos ajudar com a questão: como a tecnologia vai nos ajudar a viver 100 anos?

Wellington Arruda

10/09/2019 às 14h41

Foto: IT Forum 365

Uma das coisas mais legais da tecnologia é que ela facilita uma infinidade de processos das nossas vidas. Mas, não somente isto, ela nos traz novas possibilidades de viver com mais segurança em relação à nossa saúde.

É o caso, por exemplo, do uso de inteligência artificial em exames, no cruzamento de dados, na produção de novas metodologias. Muito estima-se, por exemplo, que a sociedade atingirá uma expectativa de vida de 100 anos.

Os analistas Felix Tran e Haim Israel, ambos do Bank of America, relacionam que "o conhecimento médico dobrará a cada 73 dias em 2020", contra uma média de a cada 3.5 anos em 2010.

Eles também citam que essa revolução criará algo como uma "techumanidade", que é basicamente quando a tecnologia se torna mais intrínseca com a nossa essência.

Exatamente para falar sobre tecnologia, saúde e sociedade, convidamos Luzia Sarno, diretora corporativa e CIO do Grupo Fleury.

Ela nos ajuda a entender como será essa sociedade com 100 anos de idade neste novo episódio do podcast 'sobre tech!'.

Vamos viver 100 anos!


 

Para ouvir o novo episódio do nosso podcast, que é a segunda parte dessa série sobre "a humanidade de 100 anos", basta acessar esta página no Spotify, Apple Podcasts ou Anchor.fm. Ou simplesmente dar o play ali em cima.

Se preferir, também pode ir na 'busca' do Spotify, Apple Podcasts ou do Anchor.fm e digitar "sobre tech" ou "IT Forum 365".

Links para notícias ou matérias que citamos durante o episódio:

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail