Home > Notícias

WhatsApp e Instagram: indispensáveis para negócios digitais

51% dos micro e pequenos lojistas virtuais usam o WhatsApp como principal canal atendimento.

Redação

15/09/2019 às 19h00

Foto: Shutterstock

Atualmente, o WhatsApp se tornou um dos principais meios de comunicação rápida do Brasil. O aplicativo de mensagens tem cerca de 120 milhões de usuários ativos por aqui, e isso muda uma série de perspectivas.

Por exemplo: o WhatsApp Business, quando lançado, ajudou empresas a manter um relacionamento mais próximo dos clientes. E é exatamente por causa do mensageiro que muitos negócios estão cada vez mais ativos no digital.

Hoje (15), no Dia do Consumidor, um levantamento feito pela Loja Integrada ilustra bem como o aplicativo se tornou popular e importante para os negócios.

Na pesquisa, foi apontado que 51% dos micro e pequenos lojistas virtuais usam o WhatsApp como principal canal atendimento.

Em segundo lugar, aparece o Instagram (18%) e chats online em terceiro (9,3%).

O que os apps acima têm em comum, no caso, são bases gigantes de usuários ativos, pertencem ao Facebook e, claro, podem impulsionar as vendas e o atendimento.

A plataforma Loja Integrada realizou a pesquisa online, com quase mil lojistas virtuais do país, entre abril e maio de 2019.

De acordo com a pesquisa, os lojistas virtuais destacam o WhatsApp (61%) como um canal de vendas. Para 34,1%, o aplicativo é usado para o atendimento geral e dúvidas.

Mariana Tiemi, especialista em comércio eletrônico e sucesso do cliente na Loja Integrada, explica a importância das plataformas.

“O atendimento ao cliente é um dos principais diferenciais competitivos das lojas virtuais e, por isso, garantir agilidade e eficiência nos contatos é cada vez mais importante”, diz ela.

Ela também conta que a própria Loja Integrada tem média mensal de 7 mil contatos no atendimento.

“Os canais mais utilizados para que os lojistas entrem em contato com a empresa são o chat, as redes sociais, como Facebook e Instagram”, explica Tiemi.

A empresa destaca o exemplo da loja de jóias ‘Use Miaa’. Fundado em 2016 pela empreendedora Luana Moraes, a loja atende clientes do país inteiro pela loja virtual.

Ela conta que, hoje, praticamente todo o atendimento é feito pelo aplicativo de mensagens. Isso porque o canal “permite mais agilidade para responder” os clientes.

Outra vantagem destacada por Moraes é que o WhatsApp também é usado para realizar vendas, “otimizando os resultados do meu e-commerce”.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail