Home > Notícias

Wikileaks vaza dados sigilosos de cidadãos comuns

23/08/2016 às 17h48

Wikileaks vaza dados sigilosos de cidadãos comuns
Foto:

O Wikileaks tem como principal objetivo trazer à tona documentos que possam incriminar responsáveis por corrupção ou crimes de invasão à privacidade. Mas, nesse caminho, alguns dados de cidadãos comuns estão sendo vazados pela organização e colocando os donos dessas informações em risco, de acordo com informações da Associated Press (AP).

Nesse montante de informações, dados médicos, financeiros e de identidade podem ter vazado. A publicação também aponta que a organização pode ter vazado também nomes de sobreviventes adolescentes de abuso sexual, pacientes que sofrem de doenças mentais e informações sobre um cidadão saudita que foi preso por ser gay - o que é perigoso já que homossexualidade é punida com morte no país.

Na opinião de Lisa Lynch, professora de mídia e comunicações da Drew University, de Jova Jérsey, Julian Assange, líder do Wikileaks, pode não ter equipe ou recursos suficientes para filtrar de forma adequada o que pode ou não ser publicado. Ou, ainda, a urgência na divulgação das informações era tamanha que ele acabou por não se preocupar com a privacidade de cidadãos comuns, disse ela em entrevista à AP. Lisa tem acompanhado por muito tempo e de perto as ações do Wikileaks.

Quer outro exemplo desse problema? No mês passado, ao vazar e-mails e mensagens de voz de funcionários do alto escalão do Partido dos Democratas dos Estados Unidos, o Wikileaks acabou por divulgar também cerca de uma dúzia de números de segurança social e cartões de crédito. Após esse incidente, duas das pessoas nomeadas no vazamento relataram que criminosos teriam abusado de suas identidades.

Tags
Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail