Home > Notícias

Xioami sela parceria exclusiva com Vivo para venda de Redmi 2 no Brasil

Déborah Oliveira

24/09/2015 às 14h04

Xioami sela parceria exclusiva com Vivo para venda de Redmi 2 no Brasil
Foto:

Três meses depois de chegar ao Brasil e anunciar sua estratégia de venda direta por meio de seu site, a Xiaomi começa agora a abrir-se para parcerias em solo nacional. A partir de hoje (24/9), o smartphone Redmi 2 será comercializado nas lojas da Vivo, de forma exclusiva, em São Paulo, em 70 lojas, e amanhã (25/9) chegam a todas as lojas próprias da tele no País, que somam 315. 

As revendas e o site serão contemplados em um segundo momento, com data não revelada. Segundo as empresas, o Redmi 2 será comercializado na Vivo pelo valor de 12 x de R$ 21, no plano SmartVivo 2GB, no valor de RS 159, com ligações ilimitadas para Vivo, 2GB de conexão 4G, SMS ilimitado para qualquer operadora e fidelidade de 12 meses.

Hugo Barra, vice-presidente global da Xiaomi, afirmou em evento, que reuniu imprensa e fãs da marca em São Paulo, sem abrir números, que as vendas da fabricante vão bem por aqui, mas que a iniciativa visa reforçar a estratégia no mercado e atender ao pedido dos clientes da marca. “Nos últimos meses, dobramos a equipe de atendimento, somando agora 30 pessoas e, hoje, estamos lançando o serviço Pick Me, que oferece retirada de aparelhos com problemas na casa do cliente, também no Rio de Janeiro”, disse.

De acordo com Christian Gebara, Chief Revenue Officer da Telefônica Vivo, a parceria amplia o compromisso da operadora com a inovação. “Estamos orgulhosos de poder estar juntos com a Xiaomi, que tem a estratégia mais irreverente da indústria de smartphone atualmente”, assinalou. 

Quando questionado sobre o valor mensal do plano que é quase metade do preço do aparelho, Gebara afirmou que o público do Redmi 2 está disposto a pagar esse valor. “Somos Premium em qualidade e em nosso posicionamento e estamos levando essa oportunidade para os clientes Xiaomi.”

Nova versão do sistema operacional
Pouco antes do anúncio da parceria, Barra mostrou a nova versão do sistema operacional da Xiaiomi: o MIUI 7, que estará disponível no Brasil a partir de 16 de outubro deste ano. O executivo destacou que por a Xiaomi ser uma empresa de software nada mais natural do que a companhia evoluir sempre seu sistema. 

O MIUI é construído pela comunidade de fãs da Xiaomi, que hoje soma 12 milhões de usuários e gera 44 mil posts diários. Com um ciclo de desenvolvimento semanal, o sistema operacional em cinco anos já passou por 255 atualizações.

Na versão sete, Barra destacou alguns recursos como o Showtime, que permite que usuários insiram vídeos divertidos que são exibidos toda vez que alguém recebe uma ligação. É como o antigo toque personalizado dos celulares, mas agora em vídeo. Outra funcionalidade é a de Textos XXL, que amplia o tamanho das fontes, adequando-as ao tamanho da tela.

Segundo ele, o novo sistema operacional foi desenhado para ampliar a performance, a autonomia da bateria, o espaço de memória e a beleza do sistema. “O MIUI 7 aprimora em 10% a vida útil da bateria em comparação com a versão anterior”, detalhou, completando que há ainda uma funcionalidade que promove economia de até 50% no uso de dados de aplicativos.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter Newsletter por e-mail